quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Mensagem de Ano Novo

O ano de 2008 foi de aprendizado, aprendemos a honrar nosso time e não o abandonamos nem mesmo quando caiu. Ficamos ao lado do Coringão até o final, quando finalmente foi campeão da Série B e retornou para seu lugar na Série A.

A contratação do Ronaldo atraiu os olhos do mundo para o Timão, que foi primeira página em 8 dos maiores jornais do mundo. "Tem gente" que não se conforma, mas fazer o que... não se pode agradar a todos. Esse "casamento" promete trazer muitos "filhos" para os dois lados, deve beneficiar tanto ao clube quanto ao jogador.

Para 2009 espero muitas alegrias, com a estréia do Ronaldo em fevereiro e um bom desempenho nos campeonatos com as recentes contratações. Desejo um FELIZ ANO NOVO a toda a galera corintiana.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Camisa traíra infiel



Na antevéspera do Natal, Ronaldo ganhou mais uma retaliação de rubro-negros. Uma loja especializada em futebol lançou nesta terça-feira um modelo de camisa intitulado “traíra infiel”. Disponíveis nas cores vermelho e preto, os modelos lembram a ida do jogador para o Corinthians. Na parte da frente há uma adaptação da canção “Vou festejar”, de Jorge Aragão: “Você pagou com traição a quem sempre lhe deu amor”. Atrás, o número 9 do jogador e a palavra “infiel”, fazendo um contraponto à torcida corintiana.

É, os rubro-negros ainda não se conformaram com a contratação do Ronaldo. Também dedico a eles uma canção:

"Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima"

Ou seja, já está feito e não adianta reclamar. Há outros jogadores que podem contratar, esqueçam o Ronaldo, que já é da FIEL.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Médico quer que estréia de Ronaldo seja em fevereiro



A intenção da diretoria do Corinthians em promover uma festa internacional diante dos argentinos do Boca Juniors, dia 17 de janeiro, para estrear Ronaldo com a camisa 9 alvinegra, pode não se tornar realidade.

Em entrevista para a rádio "Bandeirantes", Joaquim Grava, médico que vem acompanhando de perto a recuperação do 'Fenômeno' após cirurgia no joelho, confessou que acha uma temeridade colocar o jogador em campo antes do mês de fevereiro.

(Leia mais sobre esse assunto em Abril Notícias - Médico não quer estréia de Ronaldo em janeiro)


Isso adia mais um pouco nossos planos de ver Ronaldo jogando pelo timão, mas se é o melhor para o jogador, é melhor esperar para vê-lo em forma. Os adversários que se cuidem, porque pelo que se sabe, o Fenômeno está cuidando da forma e fazendo tudo direitinho para vestir a camisa do Timão em campo em breve.

Agora temos que esperar duas coisas para fevereiro: o carnaval e Ronaldo no Timão.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

domingo, 28 de dezembro de 2008

Os fogos na noite de Natal

Na noite de natal era brincadeira o que soltaram de rojões por aqui, parecia até que era Ano Novo. Meu marido comentou que aqui em Diadema as pessoas confundem natal com ano novo, por isso soltam tantos fogos, mas eu expliquei a ele o que tinha acontecido: eram os santistas, já que deviam ter um estoque de fogos para soltar no final do campeonato, mas como não usaram nada aproveitaram a ocasião para usar os rojões antes que terminasse o prazo de validade.

Õ, maldade!

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sábado, 27 de dezembro de 2008

De olho no São Paulo

O São Paulo está montando um super-time para 2009, já visando "papar" todos os campeonatos. Mas é claro que só vai conseguir isso passando por cima dos nossos cadáveres, e temos cadáveres "de peso" do nosso lado, verdadeiros "fenômenos". O São Paulo que se cuide, depois de um ano na Série B, agora vamos arrasar! 2009 é o nosso ano, eu acredito no Timão.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

A dieta do Ronaldo



Estou preocupada, será que o Ronaldo excedeu a cota no Natal? Ele foi visto andando de bicicleta para perder as gordurinhas extra, mas será que ele respeitou a dieta no Natal? Pelo que vi pela TV, ele foi liberado da dieta nesse dia, o que significa que ou terá que fazer uma dieta um pouco mais rigorosa a partir de hoje para eliminar o que ganhou ontem, ou vai demorar um pouquinho mais para ele poder encher nossos olhos em campo.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Mensagem de Natal

Desde que comecei a escrever esse blog muita coisa mudou na minha forma de encará-lo. Para 2009 pretendo fazer um trabalho melhor e mais consistente, com postagens diárias e com mais detalhes que possam interessar aos colegas corintianos, indicação de bons sites e blogs que também falem do Timão e um condensado das notícias da semana sobre o nosso time do coração.

Estou me preparando para iniciar essa nova jornada em 2009, junto aos leitores corintianos (e também dos outros times, que eu sei que visitam só por curiosidade, mas visitam...). Por enquanto, só tenho que agradecer aos leitores que vieram e comentaram, esperando contar com suas visitas e comentários também daqui para a frente.

Desejo a todos um FELIZ NATAL!

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Conquista do bi no Brasileirão em 98



Em 1998, no dia 23 de dezembro, o Corinthians foi bi-campeão do Campeonato Brasileiro, veja mais detalhes no blog Todo-Poderoso Timão - Campeonato Brasileiro 1998.

Uma conquista muito importante do Timão que jamais iremos esquecer. Espero repetir a conquista em 2009, esse é um dos meus votos de Ano Novo para o time e todos os corintianos de plantão.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sábado, 20 de dezembro de 2008

Corinthians em negociação para comprar Brandão

Éverton Ribeiro não volta a jogar no Corinthians, conforme declarou Mário Gobbi. Segundo ele o atleta não está nos planos do time e será emprestado novamente. O jogador foi emprestado ao São Caetano no meio do ano e o empréstimo se encerra agora em dezembro, mas o assunto ainda não está decidido, poderá haver mudanças para 2009.

Enquanto isso, o atacante Brandão espera trocar o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, pelo Corinthians em 2009. O jogador está de férias em Londrina e informou que o Corinthians pretende encaminhar uma proposta para seu clube. A proposta seria de empréstimo do jogador para o Corinthians por um ano. O acordo seria bom para os dois lados, já que o Corinthians não conseguiu o atacante Kléber e Brandão está de olho em uma vaga na Seleção Brasileira. Depois de 6 anos jogando na Ucrânia, Brandão quer voltar a jogar no Brasil. Contando com a vontade do jogador e a boa vontade do time ucraniano, a proposta de empréstimo será a custo zero para o Corinthians.

Se tudo der certo, Brandão será o quinto reforço para a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista. O Corinthians já contratou o volante Túlio, o zagueiro Jean, o atacante Jorge Henrique, sem esquecer do Ronaldo Fenômeno, que terá que desembolsar 25 milhões caso saia do Corinthians antes do término do contrato.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Chat no blog - Fale comigo

Novidade no blog, agora você pode falar comigo online no formulário de chat do Meebo que coloquei no rodapé do blog. Estarei online de segunda a sexta, entre 8 e 9 da manhã.

Se eu estiver offline você pode me enviar uma mensagem offline, ou ainda enviar email através do formulário de contato, também no rodapé do blog.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Corinthians quer contratar Kléber em 2009



O Corinthians está mesmo interessado no atacante Kléber, que disputou o último Campeonato brasileiro pelo Palmeiras. Nesta terça-feira, o empresário Giuseppe Dioguardi admitiu que foi procurado pelo presidente alvinegro Andrés Sánchez, que poderá ir atrás do Gladiador em janeiro de 2009.

Leia mais em Abril Esportes - Corinthians tentará contratar Kléber em 2009

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

domingo, 14 de dezembro de 2008

O "lado B" da contratação de Ronaldo

Interessante a colocação do Paulinho em seu blog, na postagem Cheque sem fundo, sobre a contratação do Ronaldo pelo Corinthians. Tudo tem seus prós e contras. Vamos ver na ponta do lápis os reais benefícios (para ambos os lados) dessa contratação.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

A contratação do Ronaldo



Como dizia um repórter de TV, "se está bem para ambas as partes...". É o caso da contratação do Ronaldo. O clube, vindo da série B, mesmo tendo se sagrado campeão precisa urgentemente fazer contratações para manter o nível na série A em 2009, ou seja, precisa de dinheiro. E Ronaldo está mal das pernas, como se sabe, em tratamento para voltar a jogar.

Unem-se os interesses do Ronaldo + os interesses do clube + marketing e está tudo certo. Hoje em dia Ronaldo é um nome de peso, como disse Milton Neves em seu blog, o Corinthians comprou a marca Ronaldo. Só em sua apresentação comparecem mais de 6 mil torcedores e a imprensa esportiva não fala em outra coisa, até o hexa do São Paulo ficou em segundo plano, como bem observou o Milton Neves. E eu pensei: São Paulo foi hexa? Vixe, eu nem lembrava mais disso...

Se ele terá condições de jogar é ainda uma incógnita, mas isso também fica em segundo plano. Fato é que agora um patrocinador vai ter que pagar os tubos para o Corinthians. Nos dias de hoje marketing é tudo, como se dizia antigamente nos meus tempos de faculdade: a propaganda é a alma do negócio. Hoje nem é só a alma, é a alma e o coração.

Hoje nem se imagina um time ou um esportista sem patrocinador. E Ronaldo, em termos de marketing é um nome de peso, independente de jogar ou não, mesmo não jogando está nas bocas, a imprensa não o esquece. O namoro de Ronaldo com a mídia é longo e antigo, acho que agora com a contratação do Ronaldo vai dar em casamento.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sábado, 13 de dezembro de 2008

Ronaldo é recebido com festa no Corinthians

Nesta sexta-feira Ronaldo vestiu pela primeira vez a camisa do Corinthians. Recebido por mais de 6 mil torcedores, Ronaldo é recebido com uma grande festa preparada pela torcida no Parque São Jorge.

Veja reportagem completa e vídeos com entrevista coletiva de Ronaldo e Ronaldo no gramado pela primeira vez em IG Esporte.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Ronaldo Fenômeno no Corinthians



Se a intenção do Corinthians ao contratar Ronaldo Fenômeno era divulgar internacionalmente a imagem do clube, pode-se dizer que o objetivo foi atingido com muito sucesso. Menos de 24 horas após a confirmação do negócio, o Timão apareceu com destaque nos principais jornais da Europa desta quarta-feira.

Leia mais em Abril - Notícias


A contratação do Ronaldo me parece uma jogada de marketing, e que vem em boa hora diga-se de passagem, depois de ficar 1 ano na série B o time precisa arrecadar para contratar novos jogadores para o Brasileirão, e a propaganda é umas das formas de ganhar dinheiro hoje em dia. Também com o Ronaldo no clube haverá um comparecimento maior de torcedores aos jogos, além dos corintianos haverá também os fãs do Ronaldo que o acompanham onde quer que ele vá.

Ter o Ronaldo no time - um jogador mundialmente famoso - também voltará os olhos da imprensa para o Corinthians e estar na mídia é benéfico. Espero que o "casamento" Ronaldo X Corinthians dure até que interesses outros os separem.


assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

domingo, 7 de dezembro de 2008

Estranha corrupção na final do Brasileirão

A CBF afastou o árbitro Wagner Tardelli da decisão entre São Paulo e Goiás.

Em comunicado oficial diz que interceptaram um envelope de dinheiro endereçado ao juiz.

Leia mais no Blog do Paulinho

Incrível isso, vale a pena acompanhar e saber mais detalhes. Estou indignada, tem gente que não tem o menor respeito, querem lucrar e fazer política com o esporte nacional, manipulando o resultado do campeonato nacional. Será que nem o futebol é levado a sério nesse país?

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sábado, 22 de novembro de 2008

Corinthians campeão da Série B

Podem falar o que quiserem, é campeonato também e nós fomos os melhores. O Coringão e campeão mais uma vez. Aqueles que estão menosprezando nosso título, que nos aguardem na primeira divisão ano que vem - isto é, se conseguirem se agüentar sem cair até lá.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Mascote ganha nova cara

O departamento de marketing do Corinthians resolveu revitalizar o mascote do time, o mosqueteiro. Para isso chamou o cartunista Ziraldo para redesenhá-lo.

Não foram dadas informações sobre as mudanças no mascote, que será apresentado à imprensa na segunda-feira.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Queremos Luis Fabiano no Corinthians

Andei ouvindo aí uns rumores de que havia a possibilidade de o Ronaldo Fenômeno vir a jogar no Coringão. Não sei se a possibilidade é real ou mera fofoca, mas como torcedora e depois do jogo da seleção contra Portugal ontem à noite lanço aqui meu pedido.

Se é que nós torcedores podemos opinar e com o devido respeito ao Ronaldo que tem lá seus méritos, será que dá pra trocar? Queremos Luis Fabiano no Corinthians, tem jeito?

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

domingo, 16 de novembro de 2008

Corinthians vence e coloca time de Marcelinho na série A

Lembram do Marcelinho? Claro que sim, né? Pois nos últimos jogos ele vinha sendo aplaudido pela torcida do Corinthians e ontem o Timão deu ao seu ex-craque um belo presente. Vencendo o Vila Nova de Goiás por 3 X 1 garantiu ao Santo André o acesso à Série A, a elite do futebol brasileiro.

De quebra, conseguimos a tão esperada revanche contra o Vila Nova, último time a ganhar um jogo contra nós, na fase anterior do campeonato. Ou seja, ontem foi um dia de glória, um dia para festejar e nos congratularmos por essa bela campanha.

Acredito que essa passagem pela Série B serviu como aprendizado (pelo menos espero que sim) pois nosso Timão lutou bravamente desde o início e acabou desenvolvendo um excelente trabalho. Como torcedora estou mais que satisfeita com meu time, que apesar de todos os percalços e problemas no ano passado, soube superar tudo e deu a volta por cima.

Vamos encerrar o ano com chave de ouro, voltando à elite do futebol e com mais um título, de campeão da Série B. Podem dizer que esse título não vale a pena mas creio que faz parte de nossa história e não deve ser esquecido, deve figurar entre tantas outras conquistas do time do nosso coração.

Que foi duro engolir quando o time caiu, que ninguém duvide. Mas que depois disso vimos um time ressurgir das próprias cinzas e emergir de volta para o topo. Quem riu teve que engolir a escalada do time, torcendo contra, mas sem poder fazer nada. E ainda acho que 2009 nos reserva grandes alegrias, porque o trabalho terá uma continuidade e continuaremos a batalhar pelo que queremos.

"Deus dê longa vida a meus inimigos para que possam aplaudir de pé minha vitória."

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sábado, 15 de novembro de 2008

Jogo contra o Vila Nova

O jogo de hoje começa às 16:20 e promete. Será o primeiro jogo do Corinthians já como campeão da Série B e ainda a oportunidade de revanche contra o Vila Nova, que foi o último time a ganhar do Coringão na segunda divisão. O jogo será no Pacaembu.

O Vila Nova está em má fase, há 3 jogos sem vencer e vem com tudo para se recuperar nesse jogo e manter seu lugar no campeonato.

Dentinho não jogará por estar cumprindo suspensão e Chicão continua com a equipe médica, com dores na cocha direita. Douglas cumpriu a suspensão e deve voltar ao time.

Vamos esperar para torcer hoje à tarde, moçada. Já somos os campeões da Série B mas a revanche tem um sabor maravilhoso. Vencer e vencer, esse será o nosso lema daqui pra frente.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Os times que vão cair

Depois de viver a amarga experiência de ver meu time cair para a segunda divisão, fico morta de pena ao ver a cara dos torcedores dos times que estão na base do cai-não-cai. Sei agora que é doloroso e que não acaba aí, depois de cair ainda temos que acompanhar o time por um ano na segundona, ficar na expectativa de vê-lo entre os que vão subir e ainda por cima agüentar calado a gozação o ano inteiro.

Durante o ano de 2008 ouvi calada piadinhas de mau-gosto, aliás já começou no ano passado, a famosa "natal cai na terça mas corintiano comemora na segunda" e outras bobagens do gênero "tripudiar sobre a desgraça alheia".

De uns times eu não tenho tanta pena pois foram os primeiros a bater palmas na platéia quando o Corinthians caiu. Enquanto chorávamos, riam de nossa amargura. Nem vou dizer que me alegro com a descida de "certos times", a vingança é um prato que se come frio, mas acho que nem é necessário tripudiar.

Rei morto, rei posto, deixemos de lado os que irão para a segundona e vamos nos ocupar dos nossos adversários ano que vem na série A. Os que caíram que aprendam também que um dia é da caça, o outro é do caçador.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Trocar de time

É engraçado mas conhece um monte de gente que já trocou de time do coração. Eram torcedores de um time e assim que o time ficou meio borocochô correram para os braços de outro. Tem um monte de são-paulino e palmeirense que são torcedores dos times só porque os times obtiveram bom rendimento e destaque nacional.

O verdadeiro torcedor é consciente e apaixonado, escolhe uma vez só e é pra sempre, nem que ele queira dá pra mudar isso. É um caso de amor "até que a morte nos separe", uma união indissolúvel e que uma vez consumada só termina quando a pessoa exala seu último suspiro.

Portanto não me digam para "deixar de ser corintiana". É como se me pedissem para deixar de ser Zailda. E, por favor, quando eu morrer me cubram com a bandeira do Corinthians.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Caso de amor à primeira vista

Eu nem gostava de futebol, mas meu tio ficava vendo jogo e eu queria ver TV. Ele dizia que "depois do jogo" eu poderia ver o que quisesse. Eu me sentava e ficava esperando. Como aquilo era chato e eu não entendia nada, ficava fazendo perguntas e ele ia explicando o que estava acontecendo.

Meu tio era são-paulino, de forma que eu via aquilo tudo como um jogo de xadrez, aos poucos fui entendendo o espírito da coisa. Mas um dia eu conheci o Pororó, marido de minha prima Elita. Corintiano fanático, explicou todas as regras, táticas e mumunhas, e não perdia um jogo do Coringão.

Desde o primeiro jogo do Corinthians, senti um frisson por aquele time que jogava em preto e branco, mas que fazia minha alma sentir-se colorida. E eu me rendi ao charme e graça do time mais brasileiro do mundo. O time do povão. O time do oprimido, do operário, do brasileiro mediano que balança no ônibus a semana toda, esperando para ver seu time jogar no domingo.

Com as idas à casa da Elita e do Pororó aprendi a gostar de futebol, amar o Corinthians e a comer salada de pepino com pimenta-do-reino. Já não vejo mais o Pororó, a Elita está velhinha e mora bem longe, mas o Coringão nunca mais saiu de dentro do meu coração.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

terça-feira, 11 de novembro de 2008

A importância de um bom técnico

Não é que eu queira criticar não, iria chover no molhado, mas um bom exemplo de que técnico é tudo é o caso da seleção brasileira. Botaram lá o Dunga como técnico, e poderiam ter botado também os outros seis anões e a Branca de Neve que não ia adiantar nada.

O desempenho pífio do Brasil prova que como técnico o Dunga daria um bom jogador. Acho que chega de fazer experiências com jogadores como técnicos, ainda mais frente à seleção do Brasil.

Mas deixa a seleção pra lá, só usei o exemplo pra ilustrar que o técnico tem sim uma grande parcela de culpa quando o time perde, ele não está lá para assistir o jogo, nem pagou o ingresso. Está lá para visualizar os erros estratégicos e mexer quando for necessário, orientar os jogadores para levar o time para a frente.

Estou cansada de ver meu time jogar com "buracos" enormes no meio de campo, toda hora vazados pelo adversário e o técnico fica lá gesticulando em vez de tomar providências. Acho que a função tem que ser levada a sério, agora é pra valer, primeira divisão é para os grandes, e espero que o time se mantenha no nível necessário para brilhar frente aos grandes.

Para isso é necessário que o técnico entenda do riscado, que dê ouvidos às críticas de quem entende e que tenha a humildade de estudar o adversário antes do jogo, criando uma estratégia diferenciada para cada um.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Futebol é uma caixinha de surpresas

A frase feita e batida, mesmo repetida milhões e milhões de vezes não corresponde à realidade. Algumas "surpresas" quando acontecem, já eram de se esperar.

De nada adianta ter um bom time e uma torcida empolgada e apaixonada, se dentro do time impera a insegurança e a bagunça. Para enfrentar 2009 de cabeça erguida e obter resultados palpáveis, antes é necessário botar ordem na casa.

As contratações estão acontecendo e sinto que o time já se prepara para voltar à série A, mas há que aprender com os erros do passado, sobretudo para não repetí-los. Conflitos internos têm que ser resolvidos sem demora para evitar que venham a refletir no desempenho dos jogadores em campo. Jogar com garra vá lá, mas só garra não ganha campeonato. Pelo contrário, como já se viu, clubes que têm graves problemas internos acabam amargando na segunda divisão.

A humildade é necessária para ouvir quem realmente entende, e há muitas pessoas na área, que são profissionais sérios e que entendem do assunto. Muitos comentaristas cantaram a bola muito antes do Coringão cair para a segunda divisão. Apontaram falhas graves e indicaram soluções, que foram solenemente ignoradas e deu no que deu.

Não estamos sós e sempre há alguém que tem algo a dizer e que deveria ser ouvido. Ouvir é uma arte, não adianta ouvir e depois fazer tudo de novo do mesmo jeito. Faço votos de que "daqui pra frente tudo seja diferente".

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

domingo, 9 de novembro de 2008

Corinthians é campeão

Maravilha, meu timão é campeão! Não importa que seja da série B, o importante é que entre todos os que jogaram com o Corinthians, ele foi o melhor! E agora é só esperar mais um pouquinho para ver meu time jogando na série A de novo.

O ano de 2009 promete, será o retorno do time à elite do futebol brasileiro. O importante é aprender com os erros e não cometer os mesmos que o levaram a cair para a segundona. Que haja conflitos internos, jogo de interesses, corrupção. Cada coisa a ser resolvida de uma forma, o importante é não permitir que os problemas internos reflitam sobre o time em campo.

Difícil isso, porque quer queira, quer não, os problemas internos de um time sempre refletirão no ânimo de seus jogadores. Tiro por mim, quando não tenho serenidade no ambiente de trabalho não consigo um bom desempenho. Portanto o primeiro passo para uma boa campanha é botar ordem na casa.

Um bom técnico também é fundamental. Não adianta contratar estrelas se não houver alguém com visão de jogo e inteligência para criar táticas diferenciadas em cada jogo, visando o melhor desempenho de cada jogador. Futebol é entrosamento também, sem isso fica impossível ir em frente. Espero que tenhamos feito direitinho a lição de casa!

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

domingo, 2 de novembro de 2008

Herrera pede agilidade na renovação do contrato

Como torcedora entendo que esse jogador é muito importante para o time e não podemos abrir mão dele. Espero que as negociações se resolvam em breve.

Herrera pede agilidade para renovar contrato com Corinthians - 01/11/2008 - UOL Esporte - Futebol
O atacante argentino Herrera cobrou a agilidade da diretoria do Corinthians para renovar o seu contrato para a próxima temporada, após a vitória por 2 a 1 sobre o Paraná, neste sábado, no Pacaembu, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

"Estou contente no Corinthians, mas a diretoria está demorando a renovar o meu contrato. Tenho algumas propostas, mas estou dependendo da diretoria (corintiana). Não posso segurar muito, porque amanhã o Corinthians fala que não me quer e eu fico sem nada", disse o atacante, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

A proposta seria do exterior, segundo o próprio jogador, que não quis revelar quais seriam os clubes interessados em seu futebol. Para permanecer com o atleta, a diretoria alvinegra precisaria desembolsar para o Gimnasia La Pata e San Lorenzo, ambos da Argentina, três milhões de dólares, mas já teria conseguido diminuir este valor para dois milhões de dólares.

O atacante acredita ter feito uma boa temporada e diz que gostaria de disputar a Série A pelo clube paulista no ano que vem, apesar da insatisfação com a indefinição sobre o futuro. "Joguei a primeira divisão com o Grêmio e fui muito bem também. É uma linda oportunidade. Uma bela liga. Mas o futebol passa muito rápido e nós temos que aproveitar as oportunidades", declarou.

domingo, 26 de outubro de 2008

Corinthians de volta à serie A

O dia de ontem foi mais um marco na história do Corinthians, depois de 329 dias amargando na segundona, matematicamente já estamos de volta à elite do futebol brasileiro. Foi emocionante ver os torcedores comemorando e cantando nosso bordão desde que o clube caiu: "Sou louco por ti Corinthians..."

Ainda tivemos uma alegria adicional, de ver o Palmeiras tomar de 3 do Fluminense, mas a vida é assim, um dia é da caça e o outro, do caçador.

Vamos comemorar...

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

domingo, 28 de setembro de 2008

O jogo de sábado

Infelizmente não pude ver o jogo de ontem, só vi mesmo 15 minutos no intervalo de uma aula, trabalho o dia todo no sábado, das 8 às 6. E bem na hora que eu fui lá ver o Coringão tomou um gol, que pra mim estava impedido, e ficou 2 X 1. Soube depois que terminou em 2 X 2, resultado que não ajuda mas também não compromete a posição do time.

E seguimos confiantes rumo ao grupo A!

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Jogo contra o Braga

Tudo bem que o corintiano é famoso por sofrer com seu time, temos até o apelido de "sofredor", mas nos últimos jogos não foi bem assim. E apesar dos muitos gols quase feitos perdidos, o que levou nosso coração à garganta, achando que seria mais um dia de azar, onde tudo se encaminha mas nada dá certo, no fim tudo terminou bem e pudemos entoar satisfeitos o hino do time.

Meu marido não estava gostando nada do jogo, cada vez que tocava nosso hino após um gol contra o Braga ele torcia a cara, mas de cara torcida e tudo teve que assistir conformado o Corinthians dar mais um passo em direção à serie A, a elite do futebol, de onde jamais deveria ter saído.

Alguns times da série A parece que disputam o direito de cair para a segundona, para ocupar o lugar em que agora estamos, e com certeza poderão fazer isso sossegados porque em breve estaremos deixando a segunda divisão e retornando para nosso costumeiro lugar na elite. Pode torcer a cara e o nariz quem quiser, porque matematicamente isso já é certo, e estou contando os dias que faltam para que isso se oficialize.

Depois é só continuar jogando bem, não se intimidando pelo adversário, mostrando o que sabe fazer e ano que vem é certo que muitas alegrias nos esperam. Vamos fazer então uma contagem regressiva, nossa passagem pela segundona está prestes a terminar.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

Corinthians abre larga vantagem ao vencer Bragantino

GloboEsporte.com > Futebol > Brasileirão - Série B - NOTÍCIAS - Corinthians derruba muralha do Braga e abre vantagem recorde na Segundona
O Corinthians está cada vez mais perto de voltar à elite do Campeonato Brasileiro. Em uma quarta-feira de muito frio no Pacaembu, o Timão superou a retranca e a boa fase do Bragantino, venceu por 2 a 0 e disparou ainda mais na liderança da Série B. Dentinho, aos 23 minutos do primeiro tempo, e André Santos, aos sete do segundo, fizeram os gols do jogo (assista ao primeiro gol ao lado).



Com o triunfo diante da torcida, a equipe dirigida pelo técnico Mano Menezes chegou aos 61 pontos e encostou de vez no acesso. Agora, tem 16 pontos de vantagem para o Barueri, quinto colocado. Esta é a maior vantagem já obtida desde o início da competição. Restam 11 jogos para o final.

Já o Bragantino vê chegar ao fim sua grande arrancada na Segundona. O Massa Bruta havia vencido as últimas seis rodadas e, com a derrota, não consegue chegar ao grupo dos quatro melhores. Mesmo assim, continua na briga. Aparece em sexto lugar, com 45 pontos, dois a menos que o Avaí, quarto.


O Corinthians volta a campo no próximo sábado, contra o São Caetano, às 16h, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. O Anacleto Campanella foi vetado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). No mesmo dia, mas às 20h30m, o Bragantino recebe o Barueri, no Marcelo Stefani, em Bragança Paulista.





Dentinho fura bloqueio do Massa Bruta



Assim como esperado e anunciado pelo técnico Mano Menezes durante toda a semana, o Bragantino se fechou na defesa logo no início da partida. Com apenas Nunes na frente, o Massa Bruta tinha nada menos que dez jogadores no campo de defesa e dificultava a chegada do Corinthians ao gol de Gilvan. Quando o Timão conseguia superar a barreira, a equipe do interior de São Paulo parava com faltas próximas da área. Nenhuma delas foi aproveitada.

A primeira boa chance saiu dos pés de Herrera, aos 12 minutos. Ele fez bela jogada na área, bateu por cobertura e quase acertou o canto direito. Três minutos mais tarde, mais pressão dos donos da casa. Douglas cruzou para a área, e Alessandro, sem marcação de frente para o goleiro, errou a cabeçada e perdeu grande oportunidade.

Na única vez que pegou a defesa adversária aberta, o Corinthians chegou ao gol. Aos 23 minutos, em contra-ataque rápido pela direita puxado por Alessandro, Douglas recebeu na intermediária e tocou para o meio da área. Dentinho, em posição legal, dominou e bateu na saída de Gilvan. Foi o 18° gol do artilheiro alvinegro na temporada.



A desvantagem fez o Bragantino abandonar um pouco a postura defensiva, mas sem chegar a incomodar Felipe, que foi um mero espectador no primeiro tempo. Mesmo com mais espaço, o Corinthians diminuiu o ritmo. Na melhor chance, aos 33 minutos, Dentinho chegou com perigo à direita.





Golaço de André Santos decreta vitória do Timão



No segundo tempo, o Bragantino voltou com o veterano Ânderson Lima no lugar do zagueiro César Gaúcho. A mudança não alterou em nada a forma de a equipe jogar. Melhor para o Timão, que não demorou a ampliar o placar. E em um golaço! Aos sete minutos, André Santos recebeu na entrada da área pela esquerda e soltou a bomba, acertando o ângulo de Gilvan.

O placar fez o técnico Mano Menezes dar descanso ao atacante Dentinho. Aplaudido pela torcida, ele deixou o campo mancando (recentemente se recuperou de uma torção no tornozelo direito) e deu lugar a Lulinha. No Braga, Marcelo Veiga reforçou a marcação para não sofrer mais gols. Saiu o meia Malaquias para a entrada do volante Somália.

A partir dos dez minutos, a partida ficou mais aberta, com mais chances para ambos os times. Aos 15, Ânderson Lima cobrou falta com estilo perto da meia-lua e a bola raspou a trave direita de Felipe. Logo depois, aos 17, Lulinha recebeu de Douglas na área e bateu cruzado para fora, com muito perigo.

No lance seguinte, o lateral-direito Nego perdeu a grande chance do jogo. Ele tabelou bonito com Nunes, invadiu a área e, na frente de Felipe, chutou para fora. Incrível! Lance que mereceu aplausos irônicos da torcida corintiana.



Com o passar do tempo, o Corinthians passou a administrar o resultado. Mesmo assim, o time poderia ter ampliado o placar. Aos 31, o estreante Cristian cobrou falta da intermediária e a bola raspou o travessão. Aos 48, Diogo Rincón invadiu a área, mas tentou tocar com efeito e o goleiro fez defesa praticamente caído. Nada que impedisse a a Fiel de comemorar o acesso com direito a a ola no Pacaembu. O fim do pesadelo da Segundona está cada vez mais próximo.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Herrera e Dentinho voltam ao Corinthians

:: Enquete O Diário ::
O Corinthians terá amanhã contra a Ponte Preta, no Pacaembu, a volta da dupla de ataque titular. Herrera e Dentinho atuam juntos novamente depois de cinco partidas separados por causa de uma lesão no tornozelo do segundo. Mas o que parece uma boa notícia pode não ser tão boa assim. Por incrível que pareça, já que os dois jogadores dividem a artilharia do ano no time, cada um com 17 gols, a média de bola na rede do adversário diminui quando os dois estão juntosno mesmo jogo.

Se com eles o Corinthians faz 1,6 gol por partida, somente com um em campo o número sobe para 2,4. E quando nenhum joga - foram apenas dois jogos - a média é de 3,5. "Coincidência. Eu entro em campo e procuro fazer gol, como o Herrera", analisou Dentinho.

Coincidência ou não, eles não marcaram gols na mesma partida da Série B. No ano foram somente duas oportunidades, ambas pela Copa do Brasil - no 6 a 0 sobre o Barras-PI, em Goiânia, e nos 3 a 1 sobre o Sport, no primeiro jogo da final, no Morumbi.

Mano Menezes brinca com o assunto, mas com um pontinho de bronca Quando comentou recentemente sobre as contratações dos atacantes Careca e Bebeto, e a tentativa de Brandão, do Shakhtar Donetsk (Ucrânia), ele disse que seria uma solução caso Dentinho e Herrera passassem a deixar de marcar gols ao mesmo tempo.

O treinador lembrou também que com a entrada de Lulinha aumentaram os gols marcados. Sem Dentinho, foram duas goleadas: 4 a 0 sobre o ABC e 5 a 0 sobre o Gama. Aliás, nos três maiores placares da competição a dupla de ataque não foi a titular. Nos 5 a 0 em cima do Marília, no 1° turno, Herrera estava fora de jogo.

Para encarar a Ponte Preta, Mano não teve dor de cabeça para escalar a equipe, já que Lulinha está suspenso. Mas se ninguém se machucar ou receber cartão que o tire do confronto de quarta contra o Bragantino, o técnico terá de decidir como vai escalar o time ofensivamente - são cinco atletas para quatro vagas: Dentinho, Herrera, Morais, Douglas e Lulinha.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Ai, que saudade que eu tenho...

Bons tempos aqueles, o Coringão deu de 10 a 1 no Tiradentes, foi lá em 1983 mas pra quem ainda nem tinha nascido aí está o vídeo. Antigamente o futebol era assim, toda a cobrança era em cima do ataque, na defesa não se pensava tanto quanto hoje. Jogo bom era o que tinha um monte de gol. Hoje o zagueiro não é mais aquela figura plantada perto do gol, que mais parecia um guarda-costas do goleiro. Hoje existem treinadores de goleiros, vejam só. Tem goleiro especializado em pegar pênalti, coisa que se acontecesse há vinte e tantos anos seria considerada um milagre. Hoje é comum, tem até goleiro artilheiro.

Hoje o zagueiro é ágil, sabe fazer gol e armar jogada, quase me mata do coração porque em vez daquele chutão pra longe que davam antigamente, fica driblando o adversário.

Futebol era antes de tudo um espetáculo, uma comemoração. Tinha jogo, era como se fosse festa. E o gol era o auge da festa, então quanto mais, melhor. Hoje futebol é matemática, jogam aqui pensando no resultado de quem está jogando lá em outro estado e mentalmente vão fazendo as contas de quantos pontos precisam para ultrapassar o próximo ou sair da zona de rebaixamento.

Hoje quando se consegue o número necessário de gols já se trocam os atacantes por zagueiros e é retranca até o último apito. E se isso não acontecer, no dia seguinte o técnico sofre crítica de tudo quanto é lado. Se fizessem isso antigamente a torcida vaiava, estavam ali pra ver gols.

De qualquer forma aí fica registrado um jogo memorável, não tenho a estatística mas segundo o próprio vídeo é o record corintiano. Tomara que um dia venhamos a ultrapassá-lo.




Gostou do blog? - RECOMENDE
Tem algo a dizer? - COMENTE
Quer falar comigo? - CONTATO

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Corinthians X Brasiliense

Veja os gols do jogo:





Gostou do blog? - RECOMENDE
Tem algo a dizer? - COMENTE
Quer falar comigo? - CONTATO

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Corinthians X Barueri no Pacaembu, no sábado

Futebol é na Placar: Corinthians definido para pegar o Barueri
O técnico Mano Menezes definiu a equipe do Corinthians que tentará a quinta vitória na Série B, na tarde deste sábado, contra o Barueri, no Pacaembu. As novidades são os retornos do volante Nilton e o atacante Herrera, que cumpriram suspensão no triunfo por 3 a 1 sobre o Fortaleza, fora de casa, no último final de semana.

O argentino fica com a vaga de Bebeto e atuará isolado na frente, com Douglas, Morais e Lulinha chegando de trás. Dentinho segue fora, desta vez por causa de contusão no tornozelo direito, e será reavaliado no domingo para saber se terá condições de acompanhar o grupo na viagem para Taguatinga, onde o time encara o Brasiliense na terça.

Mesmo sem o camisa 31, um de seus principais destaques na temporada, o Timão manteve a boa fase nos últimos jogos, com Morais de titular. Para Mano, a equipe ganhou mais opções com a entrada do ex-vascaíno. "Saiu um jogador que é mais atacante, só que atuava em uma faixa restrita do campo, e entrou um menos atacante, só que deu mais variações", analisa o treinador.

Quanto a Nilton, o volante entrará no lugar do prata da casa Cássio, que o substituiu em Fortaleza. Com isso, a equipe alvinegra deve encarar o Barueri na tarde deste sábado com a seguinte escalação: Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Nilton, Elias, Douglas, Morais e Lulinha; Herrera.

Nesta sexta-feira, véspera da partida, os jogadores foram submetidos a um treinamento físico e, logo em seguida, a um trabalho técnico, onde o comandante alvinegro deu atenção especial à defesa, principalmente em relação às jogadas de bola parada. No primeiro turno, o Timão bateu o Barueri na casa do adversário por 4 a 1.

domingo, 7 de setembro de 2008

Semana atribulada

Essa semana foi de muito trabalho, nem tive tempo de ver TV e não consegui ver o Timão jogando nem uma vezinha só... Saudade...

Também está difícil para entrar na internet, só uma olhadinha e olhe lá, muito trabalho mesmo. Essa semana que está começando deve ser mais sossegada, de forma que vou colocar o blog em dia.

Já faz tempo que penso em dar uma reformulada aqui, mudar um pouco o visual e o tipo de postagens, colocar mais coisas sobre o Corinthians mesmo, não só sobre os jogos e campeonato. Quem ama o clube adora saber mais sobre ele e prometo em breve trazer mais sobre o time, sua história e conquistas. Coisa assim de encher a vista, só pra dar mais orgulho de ser torcedor desse time que dizem que não é o primeiro do Brasil, mas isso pra mim é papo furando: pra mim não há time como o Coringão, é o maior e melhor time brasileiro sim senhor!

(zailda coirano)

Gostou do blog? - RECOMENDE
Tem algo a dizer? - COMENTE
Quer falar comigo? - CONTATO

Corinthians amplia vantagem na Série B

Folha Online - Esporte - Corinthians bate Fortaleza pela 4ª vez e amplia vantagem na Série B - 06/09/2008
O Corinthians foi ao estádio Castelão neste sábado e conquistou sua quinta vitória consecutiva na Série B, ao bater por 3 a 1 o Fortaleza --um adversário considerado "freguês" nesta temporada.

Com a vitória, a equipe de Mano Menezes chega a 51 pontos, como líder isolado da divisão de acesso do Brasileiro. O Corinthians assim amplia a vantagem na liderança, que era de seis pontos para o Avaí, e agora é de sete para o Vila Nova.

Nesta temporada, o time paulistano já havia enfrentado o Fortaleza em três ocasiões --duas pela Copa do Brasil e uma pelo primeiro turno da Série B-- e vencido todas elas.

O técnico Mano teve problemas para escalar o ataque de seu time para a partida. Sem Herrera, suspenso, e Dentinho, que ainda não se recuperou de uma lesão, o treinador optou por apenas um atacante: Bebeto, em sua primeira chance como titular. Os meias Lulinha, Douglas e Morais completaram o setor de ataque, com a missão de encostar no único atacante e tramar as jogadas.

Já o Fortaleza, jogando em casa, buscava apenas a vitória. O time começou o jogo ameaçado pelo rebaixamento e tentou impor um ritmo mais forte nos primeiros minutos de jogo, mas recuava quando não tinha a bola.

O Corinthians abriu o placar em uma cobrança de pênalti, originada em uma jogada de dois dos meias. Aos 21min, Morais cruzou da direita e Douglas, ao tentar chegar na bola, foi derrubado por trás. Chicão bateu e converteu.

O segundo gol foi resultado de um chute certeiro, mas do zagueiro do Fortaleza. Bebeto recebeu na área, e, marcado por um zagueiro, tentou dominar. A bola espirrou para o lado, e o zagueiro Preto chegou rasgando e chutou contra sua própria meta.

Com a vantagem construída na primeira etapa, o Corinthians começou o segundo tempo tentando administrar sua vantagem. Mas viu seu domínio ameaçado aos 9min, com um gol de cabeça do atacante Bambam --que entrou no intervalo pelo lado do Fortaleza.

Em uma bela jogada, o alvinegro do Parque São Jorge voltou a afirmar sua liderança. Em um lance de persistência, Elias cruzou na área, o jovem atacante Careca --que entrou no lugar de Bebeto, machucado-- escorou de cabeça e André Santos pegou de primeira, em um sem-pulo, e ampliou.

Série B devolveu humildade ao Corinthians

Futebol é na Placar: Para Mano, Série B devolveu humildade ao Corinthians
Mano Menezes é comedido ao calcular as chances de acesso do Corinthians à Série A, mas já se permite falar sobre a Segunda Divisão como se a competição tivesse terminado. Segundo o técnico, o clube recobrou a humildade com o rebaixamento.

"A Série B serviu para recuperar muito daquilo que é certo no futebol e que, em determinados períodos da vida, os clubes esquecem. Nesta competição, as pessoas ficam mais humildes e descem um pouco daquela prepotência de achar que se ganha com camisa. O futebol foi muito pedagógico sobre isso nos últimos anos", comentou Mano.

O Corinthians já se prepara para vencer não apenas com a camisa em 2009. Embora não fale sobre o seu futuro, o técnico acha correto que o clube prepare o elenco para a Série A.

"Contamos com um bom time, que provou ter condições de alcançar seu objetivo. Não precisamos separar as coisas no futebol. Podemos pensar em uma projeção de trabalho para o Corinthians em termos de plantel para o ano que vem", afirmou Mano Menezes.

A última contratação do Corinthians para 2009 é o lateral-direito Diogo, ex-Sport, que assinará contrato na próxima semana. O volante Cristian, do Flamengo, também interessa, porém a relutância do Atlético-PR (dono de 50% dos direitos federativos do jogador) a cedê-lo emperra o negócio.

Corinthians em negociação para contrata Cristian

Corinthians está próximo de anunciar Cristian - O Globo Online
O Flamengo já cedeu o volante Cristian para o Corinthians. O jogador já aceitou o salário que receberá no Timão. A contratação só não foi fechada e anunciada porque o Atlético-PR, que detém 50% dos direitos federativos do jogador, quer receber algo em troca.

Segundo o vice de futebol corintiano, Mário Gobbi, porém, o Corinthians comprará 33% da parte do Fla.

E o Flamengo também diz que tem algo a discutir com o Atlético-PR com relação a um outro jogador. Estamos esperando eles acertarem isso para apresentar o jogador diz o vice.

Já Diogo, lateral-direito contratado do Sport, deve se apresentar nesta segunda-feira, no Parque São Jorge.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Corinthians ganhou de 5 mas poderia ter sido de 10

Gazeta Esportiva.Net - Colunistas - Chico Lang
O Corinthians não teve dificuldades para vencer o Gama, nesta terça-feira, no Pacaembu, porém também deixou a desejar, apesar do placar dilatadíssimo (5 a 0). Afinal, é uma equipe cautelosa demais. Mesmo com boa vantagem no placar, esperou bater o desespero no adversário para tentar miná-lo no contra-ataque. Ora, diria o Zé Mané: o Timão não enfrentou o Manchester United ou mesmo o Milan. Por quem então, tantos dedos (ou chuteiras como queiram)?

Realmente, o técnico Mano Menezes manda o time jogar para trás. Alessandro e André Santos, por exemplo, grandes apoiadores, raras vezes passaram do meio-campo, quando o Gama dava espaços e oportunidade para pontadas pelas laterais. E Mano ainda deu bronca em Douglas (até o substituiu pelo tal de Bebeto), bem ele o cérebero do time, por não marcar a saída de bola dos candangos. É brincadeira! Quem deveria se preocupar em anular Douglas era o adversário e não o contrário.

Gostei da atuação do menino Cássio. Valente e pegador, como reza a boa cartilha do corintiano. Depois saiu para a entrada de Carlos Alberto. Morais (deu lugar para Diogo Rincón) mostrou mesmo ser o fino da bola, além de ser rápido e objetivo. Mandou uma bola no travessão. Timão segue firme rumo ao retorno para a Série A, mas Mano precisa se decidir: casa ou compra uma bicicleta.

E tenho dito!

(Chico Lang)

Mano descarta hipótese de contratar Dodô

A TARDE On Line - ESPORTE : Mano descarta hipótese de Corinthians contratar Dodô
O técnico Mano Menezes descartou a contratação do atacante Dodô pelo Corinthians. O jogador teve seu contrato com o Fluminense rescindido, e não pode mais atuar por clubes da Série A neste ano. Assim, foi imediatamente ligado ao clube do Parque São Jorge.

"Nós analisamos o momento, as situações que temos internamente, e a gente não pensou nessa possibilidade. Lá atrás chegamos a fazer uma sondagem, mas estávamos em outro momento e ele também", disse Mano na noite de terça-feira, após a goleada por 5 a 0 sobre o Gama, pela Série B.

Além de não poder atuar na Série A, por já ter jogado mais de seis vezes pelo Fluminense, Dodô está sob julgamento por doping por uso de femproporex (substância estimulante). A Federação Internacional de Futebol (Fifa) deverá dar um veredicto até o fim da semana.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Corinthians empata e fica mais perto da final

GloboEsporte.com > Futebol > Brasileirão - Série B - NOTÍCIAS - Na Ressacada, Corinthians empata com Avaí e está perto do título simbólico
O título simbólico do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro será decidido somente na última rodada. Mesmo saindo na frente do placar, o líder Corinthians ficou no empate por 1 a 1 diante do vice-líder Avaí, nesta terça-feira, na Ressacada, na penúltima rodada da competição. Douglas colocou o Timão na frente do placar ainda no primeiro tempo. Evandro, de bicicleta, deixou tudo igual na etapa final.

Com o empate, o Corinthians chegou aos 36 pontos, e depende apenas de uma vitória na última rodada para terminar na primeira colocação. O Avaí é o vice-líder, com 34 pontos, e precisa de uma vitória, fora de casa, e um tropeço do Timão, no Pacaembu, para ficar com o título simbólico.

Na próxima rodada da Série B, a última do primeiro turno, o Corinthians enfrenta o América-RN, sábado, às 16h10m, no Pacaembu. Já o Avaí encara o São Caetano, sexta-feira, às 20h30m, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul.

Jogo movimentado

Apesar do gramado encharcado por causa da forte chuva na cidade de Florianópolis, a drenagem suportou bem e facilitou o toque de bola. Logo aos seis minutos, o Corinthians teve boa chance para abrir o placar. Lulinha cruzou, o goleiro Eduardo Martini rebateu e Herrera, de voleio, mandou a bola para fora. Em seguida, o Avaí respondeu com Ferdinando, cobrando falta, que assustou o goleiro Júlio César.

Mesmo atuando fora de casa, o Corinthians pressionou o Avaí jogando pelos lados do campo. Mas, nos contra-ataques, o time da casa perdeu uma chance incrível para abrir o placar. Aos 16, após cruzamento de Ferdinando, Valber fez boa jogada e cruzou. Odair passou da bola, mas Rafael Costa bateu de primeira e Júlio Cesar fez uma excelente defesa.

Com mais qualidade no toque de bola e insistentes jogadas pelas laterais, principalmente pelo lado esquerdo, o Corinthians chegou ao primeiro gol aos 30 minutos. André Santos cruzou na medida e Douglas, no primeiro pau, acertou belo chute e fez 1 a 0..

Aos 32, o Avaí perdeu o gol mais feito do jogo. Rafael Costa foi lançado, invadiu a área e chutou a bola em cima de Júlio César. No rebote, com o goleiro corintiano no chão, ele conseguiu chutar para fora. Revoltada com a falta de pontaria de Rafael Costa, a torcida pediu a entrada de Evando. Depois, o time da casa só levou perigo ao gol corintiano em dois chutes de fora de Batista.

Segundo tempo

O panorama da partida não mudou na etapa final. O Corinthians continuou tocando a bola com mais qualidade, enquanto o Avaí tentou chegar ao empate através da velocidade e das bolas alçadas na área.

O Timão teve duas chances para ampliar o marcador. Aos quatro minutos, Nilton, em jogada individual, invadiu a área e mandou a bola para fora. Depois, Herrera foi lançado por Douglas e na saída do goleiro Eduardo Martini errou o alvo. O Avaí levou perigo em cobrança de falta, de Marquinhos, aos 13, que Júlio César espalmou.

O técnico Silas percebeu a apatia do seu ataque e trocou o atacante Rafael Costa, que havia perdido dois gols inacreditáveis, por Evando. E o Avaí cresceu de produção. O Corinthians encolheu na defesa, marcou forte e passou a explorar os comntra-ataques, sempre armados por Douglas.

Silas ainda colocou Juliano na vaga do lateral-esquerdo Rodolpho. Para reforçar o poder de marcação no meio-campo, Mano Menezes respondeu colocando o garoto Cássio, volante revelado nas categorias de base que fez o seu primeiro jogo no time profissional, na vaga de Lulinha.

Melhor em campo e aproveitando que o Corinthians recuou em demasia, o Avai chegou merecidamente ao empate. E foi um golaço! Após cruzamento do setor direito feito por Michel, Evando, de bicicleta, mandou a bola para o fundo da rede. Sem chance de defesa para o goleiro Julio Cesar.

Assim que o Avaí empatou, o Corinthians deixou a retranca de lado e correu atrás do gol da vitória. E quase conseguiu aos 46, quando Herrera chegou a driblar o goleiro Eduardo Martini, mas escorregou e foi desarmado pelos zagueiros. Fim de jogo, 1 a 1 no placar.

Corinthians empata mas segue em primeiro

JC ONLINE - Futebol - Notícias - Corinthians cede empate ao Avaí no final, mas segue na liderança
Um gol de bicicleta de Evandro no final da partida impediu o Corinthians de assegurar a conquista simbólica do primeiro turno da Série B, com uma rodada de antecipação. O time de Mano Menezes cedeu o empate ao Avaí aos 38 minutos do segundo tempo, no lance mais bonito do jogo disputado nesta terça-feira (12), em Florianópolis.

Até antes do gol do Avaí, parecia que o Corinthians determinaria o fim da trégua dada a seus principais adversários, após a derrota para o Vila Nova (2 a 1) no jogo anterior. Mas o time da casa soube reagir, aproveitando-se também de uma certa acomodação do visitante.

"Entramos com o espírito do algo a mais", disse Menezes, tranqüilo por causa da vantagem mantida pelo seu time em relação aos demais concorrentes ao acesso em 2009. A equipe chegou aos 36 pontos, dois à frente do próprio Avaí, e encerrará o turno em casa, no sábado, contra o fraco América-RN - muito cotado para amargar nova queda e iniciar o ano que vem na Série C.

Nem a chuva forte na capital catarinense diminuiu o entusiasmo das duas torcidas até o começo da partida. Com a bola rolando, a do Avaí viu o atacante Rafael Costa perder três oportunidades incríveis de gol. Já os corintianos notaram e aplaudiram o goleiro Júlio César, que substituiu Felipe, expulso contra o Vila Nova. O reserva fez pelo menos cinco defesas difíceis no escorregadio gramado da Ressacada. Foi o melhor do Corinthians. Só não conseguiu deter a bicicleta de Evandro.

O jogo era disputado em ritmo veloz quando Douglas abriu o placar ainda no primeiro tempo, com um toque de esquerda, após cruzamento na medida de André Santos. Para acertar o gol, o Corinthians precisou dar antes cinco ou seis chutes de fora da área, sem nenhuma pontaria. Eventuais desculpas de que chovia, a bola escorregava, entre outras, não devem ser levadas em consideração pelo torcedor com um mínimo de rigor.

Faltava aos atacantes do Corinthians competência. E como erravam tanto nas finalizações, Dentinho, Herrera e Lulinha passaram a ‘cavar’ faltas. Isso não funcionou. "Joga em pé, Dentinho!", gritou Mano Menezes ao ver que o atleta se atirava em campo após choques normais com adversários.

O Avaí voltou mais ousado no segundo tempo e, aos 10 minutos, o técnico Silas trocou Rafael Costa por Evandro. Demorou na substituição. O atacante mudou a história do jogo e manteve a esperança do Avaí de encerrar o turno à frente do Corinthians.

Ficha técnica

Avaí 1 x 1 Corinthians

Avaí - Eduardo Martini; Ferdinando, Cássio, Emerson e Zé Rodolfo; Marcos Vinícius (Michel), Batista, Marquinhos e Válber; Rafael Costa (Evando) e Odair. Técnico: Silas.

Corinthians - Júlio César; Carlos Alberto, Fábio Ferreira, William e André Santos; Nílton, Elias, Douglas (Eduardo Ramos) e Lulinha; Dentinho (Diogo Rincón) e Herrera. Técnico: Mano Menezes.

Gols - Douglas, aos 30 minutos do primeiro tempo; Evando, aos 38 do segundo tempo.
Cartões amarelos - Batista (Avaí); Nílton, Douglas e Elias (Corinthians).
Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (RS).
Renda e público - Não divulgados.
Local - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Fonte: Agência Estado

Mano elogia Corinthians

A TARDE On Line - ESPORTE : Mano elogia comportamento do Corinthians contra o Avaí
Mais do que o ponto conquistado no empate por 1 a 1 com o Avaí, na terça-feira, o técnico Mano Menezes gostou do comportamento do Corinthians no Estádio da Ressacada. Para o treinador, a equipe soube mostrar força diante de um adversário que está em bom momento na competição.

"A gente sai satisfeito com o comportamento do Corinthians porque entramos com espírito para jogar esse tipo de jogo, não só pela aplicação tática, mas por aquele algo a mais que é preciso para enfrentar um adversário como o Avaí", disse o comandante, que viu o time paulistano ficar à frente no placar até os 38 minutos do segundo tempo.

"Nós jogamos na casa do adversário, que vem em um momento muito bom. São jogos como esse qualificam as equipes que vão subir e você passar por esses jogos mostrando força para o seu adversário é muito importante e me deixa muito satisfeito", afirmou Mano, que viu a equipe manter-se na liderança da Série B, com 36 pontos - dois a mais que o Avaí.

Corinthians volta aos trabalhos na quinta

Corinthians volta aos trabalhos só na quinta - O Globo Online
Depois do empate em 1 a 1 com o Avaí, em Florianópolis, na última terça-feira, o grupo corintiano desembarcou na tarde desta quarta-feira no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

No restante do dia, os jogadores receberam folga. No entanto, os trabalhos voltam na tarde desta quinta no CT do Parque Ecológico do Tietê.

O Corinthians volta a jogar pela Série B do Brasileirão no sábado, diante do América-RN, no Pacaembu, às 16h10. O jogo vale pela 19ª e última rodada do primeiro turno e, se vencer, garante o título simbólico.

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Corinthians derrota Paraná

Estadao.com.br :: Esportes :: Corinthians derrota o Paraná e põe fim a jejum de vitórias
Dentinho foi o herói corintiano da tarde com dois gols


Fora de casa, o Corinthians voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B depois de três quatro jogos. Neste sábado, o time de Mano Menezes venceu o Paraná Club por 2 a 0, no Durival de Brito, em Curitiba, com dois gols de Dentinho.

Com a vitória, a primeira desde os empates com Santo André e Ceará e a derrota para o Bahia, o Corinthians chegou a 31 pontos e segue firme na liderança da tabela. Já o Paraná, fica com 17 pontos, na parte de baixo da tabela, mas fora da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Criciúma, no Pacaembu, no sábado. No mesmo dia, o Paraná visita o São Caetano, no Anacleto Campanella.

EQUILÍBRIO
O primeiro tempo foi bastante equilibrado, com as duas equipes criando boas chances de gol. Do lado paranista, Claudemir e Rogerinho acertaram belos chutes de longe e obrigaram o corintiano Felipe a fazer grandes defesas.

A melhor chance corintiana no primeiro tempo aconteceu logo no comecinho do jogo, aos cinco, quando Douglas recebeu livre na marca do pênalti, mas chutou muito torto. Dentinho, no susto, ainda tentou completar, mas não conseguiu, e o goleiro Gabriel ficou com a bola.

No segundo tempo, o Paraná mais uma vez parou nas defesas de Felipe. Logo aos 8, Everton passou pelo marcador e bateu bem da entrada da área. O goleiro corintiano fez mais uma defesa sensacional.

Jogando no contra-ataque, e abdicando dos cruzamentos na área da primeira etapa, o Corinthians ofereceu pouco perigo no segundo tempo, principalmente porque os atacantes ficaram quase sempre isolados no meio dos marcadores paranistas. Mas quando chegou, foi eficiente.

Outra arma corintiana para tentar botar fim ao jejum de três jogos sem vencer era a jogada com bola parada, nos pés de André Santos. Aos 12, o lateral bateu falta da direita na primeira trave, Dentinho desviou de cabeça e acertou a trave.

E o primeiro gol do Corinthians saiu exatamente em uma jogada de bola parada. Aos 25, André Santos cobrou escanteio, Fabinho cabeceou na segunda trave, a bola bateu em Agenor e sobrou para Dentinho, de carrinho, desviar para as redes.

Se o primeiro gol saiu em uma jogada de bola parada, o segundo saiu em um contra-ataque. Aos 35, após lançamento do goleiro Felipe, Acosta recebeu no meio e fez passe preciso para Dentinho, na área, bater cruzado, no contra pé de Gabriel.

Nos minutos finais, ainda sobrou tempo para uma lambança do árbitro Nielson Nogueira Dias. Aos 44, Denis, que havia acabado de entrar, sofreu falta no primeiro lance, mas a arbitragem não marcou. O corintiano revidou, fez ele uma falta violenta e acabou expulso.

Vitória contra Paraná é um alívio para o Corinthians

Estadao.com.br :: Esportes :: Para Felipe, vitória foi um alívio para o Corinthians
A vitória sobre o Paraná neste sábado foi um alivio para o Corinthians. Há três jogos sem saber o que era deixar o gramado com três pontos debaixo do braço, o goleiro Felipe comentou, logo após o 2 a 0 deste sábado, que o time já começava a se preocupar com o jejum.

"O resultado foi importante pra todo mundo. Sabíamos que seria um jogo difícil por ser fora de casa e o time deles estar animado pelo resultado anterior (vitória sobre o então vice-líder Barueri)", analisou o camisa 1. "Nós também estávamos pressionados por não vencer há três jogos, o que era preocupante apesar de continuarmos na liderança."

Acostumado a ficar longe do ataque, o goleiro disse que o Corinthians venceu o Paraná graças ao acerto das finalizações no segundo tempo. "Criamos as jogadas no primeiro tempo, mas erramos muitas finalizações. Conseguimos acertar no segundo e fizemos dois gols", comentou. "É bom para sabermos que só é preciso ter um pouco mais de concentração na definição das jogadas para os gols saírem."

Mano pede paciência

Estadao.com.br :: Esportes :: Mano pede paciência no Corinthians e absolve Denis
O técnico Mano Menezes cobrou mais paciência dos seus comandados na finalização das jogadas após a vitória do Corinthians sobre o Paraná, neste sábado, por 2 a 0. Para o treinador, o time perdeu muitas chances de definir o jogo já no primeiro tempo.

"Nós poderíamos ter feito uma vantagem no primeiro tempo, mas tivemos pouca paciência para construir a jogada mesmo com muita posse de bola", disse o treinador. "Podemos não buscar tanto o fundo. Temos que jogar mais em direção ao gol", analisou Mano, referindo-se ao excesso de cruzamentos na primeira etapa.

Já vencendo por 2 a 0, no final do jogo, o Corinthians perdeu o lateral Dênis, expulso com pouco mais de um minuto em campo, numa situação parecida a com a protagonizada por Wellington Saci, na final da Copa do Brasil, contra o Sport.

Apesar de sido expulso em um lance tolo - numa jogada isolada, no campo de ataque - o jogador foi absolvido pelo técnico Mano Menezes.

"Não podemos esquecer que foi falta no Denis no primeiro lance. Esse é o primeiro ponto", disse. "Ele podia não ter dado o carrinho, mas o árbitro também poderia ter administrado com um amarelo. Foi no ataque e nem acho que tenha sido falta", afirmou Mano.

"Vamos dar tranqüilidade para ele. O Denis vinha de uma atuação não muito boa e isso pesa para o jogador, porque ele entra querendo ajudar de todas as formas", ponderou Mano, que já havia escalado Carlos Alberto como titular na lateral-direita contra o Paraná.

O volante, aliás, seguirá na lateral contra o Criciúma, no próximo sábado, uma vez que Denis cumpre suspensão automática e Alessandro segue em recuperação de lesão. O jovem Caju deve ser ocupar o banco de reservas.

Corinthians aumenta renda dos adversários

Bola Rolando - O Site do Futebol
Os clubes do Campeonato Brasileiro da Série B têm um motivo para comemorar quando recebem o Corinthians para jogar. Apesar do clube de Parque São Jorge estar embalado e ter perdido uma única partida, e quando jogou no Pacaembu, contra o Bahia, todos os adversários da equipe paulista comemoram recordes de arrecadação quando cruzam com o Corinthians no Campeonato Brasileiro 2008.

Os sete clubes que já receberam a equipe de Parque São Jorge registraram justamente nesses confrontos seus melhores resultados nas bilheterias. É o que está sendo chamado de "efeito Corinthians" na Série B.

Contra o time do ABC, por exemplo, no estádio Frasqueirão, com capacidade para 15 mil pessoas, o total do público pagante foi de 14.400 pessoas, e a renda bruta do jogo foi de R$ 252 mil. Comparado com o clássico local com o América-RN, a quantia do jogo com o Corinthians foi muito superior aos quase R$ 100 mil e ao público de 9.820 pessoas pagantes.

Outra rivalidade local que não foi capaz de superar os números dos jogos contra o clube de Parque São Jorge foi a partida entre Ceará e Fortaleza. O clássico atraiu 30 mil pagantes ao Castelão e rendeu R$ 369.232,50. Já no confronto contra o Corinthians, mais de 47 mil torcedores foram ao estádio – maior público da Série B até agora. Isso gerou uma renda bruta de R$ 679.345,00.

No entanto, esses recordes de renda não significam que os públicos foram os maiores também. A presença corintiana em alguns lugares causou inflação no valor dos ingressos, chegando até a custar o dobro do preço normal.

Uma das ocasiões em que isso aconteceu foi quando o time foi até Barueri. Com o Corinthians envolvido nos últimos jogos da Copa do Brasil, somente 6.781 torcedores pagaram pelo espetáculo. Contudo, essa partida foi a que gerou a melhor renda para o time do Barueri: R$ 175.778,00. Esse valor é bem mais alto do que os R$ 75.580,00 arrecadados com os 14.176 pagantes que viram o Barueri enfrentar o Avaí.

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Corinthians segue firme na frente

Corinthians empata e segue firme na frente - Jornal A Tribuna - Criciúma - SC
A 11ª rodada da Série B foi marcada pelos clássicos regionais e dois deles aconteceram na sexta-feira. Em Campinas, a Ponte Preta não tomou conhecimento do até então vice-líder, o Barueri, e venceu por 3 a 0, com dois gols de Renato e outro de Luís Ricardo. Também jogando em casa, o Marília bateu o São Caetano por 2 a 1. Todos os gols saíram no segundo tempo: Ricardinho anotou para o MAC aos 22 minutos, Marcinho ampliou aos 32 e Galiardo, cobrando falta, descontou para o Azulão. Ainda na sexta-feira, Vila Nova e Bahia empataram por 1 a 1 e o CRB derrotou o Brasiliense por 2 a 1.

No sábado, além de Criciúma e Avaí, a rodada teve outros três clássicos. No cearense, melhor para o Ceará, que venceu o Fortaleza por 1 a 0, com o gol de Vavá. No potiguar, ABC e América protagonizaram o único 0 a 0 da rodada. Em outro clássico paulista, também houve empate, 1 a 1 entre Santo André e Corinthians. Aos 26 minutos, Marcelinho Carioca aproveitou a falha do goleiro Felipe (que trombou com um zagueiro e perdeu a bola) para, de cabeça, colocar o Santo André em vantagem.

Wellington Saci garantiu

invencibilidade do Timão

Ídolo no Timão, o jogador preferiu não comemorar. Inicialmente, ele apenas abaixou a cabeça e recebeu abraços dos companheiros de equipe. Depois, levantou as mãos para o céu e agradeceu o gol. "Não tem como comemorar gol contra o Corinthians. O que sou hoje, eu agradeço ao time e a todos os torcedores. Eu amo todos lá e vou voltar para encerrar minha carreira", afirmou. Marcelinho só não acabou com a invencibilidade do líder do Brasileiro porque Wellington Saci, aos 31 minutos do segundo tempo, acertou um belo chute e deixou tudo igual.

Nas outras duas partidas do dia, duas vitórias dos visitantes. No Paraná, o time da casa abriu o placar logo no primeiro minuto, com Murilo, mas no segundo tempo acabou levando a virada do Juventude. Márcio Alemão empatou de cabeça aos quatro minutos e Adebi fez o segundo aos 21, cobrando pênalti. Com o resultado, os gaúchos assumiram a vice-liderança da Série B. No Distrito Federal, o Gama perdeu para o Bragantino por 1 a 0, gol marcado por Nunes no início do jogo. Com a derrota, o time comandado por Roberto Cavalo estacionou nos dez pontos e na zona de rebai- xamento, onde também estão Fortaleza, CRB e América.

André Santos pode sair do Corinthians

Diário do Grande ABC
Um dos destaques na excelente campanha do Corinthians na Série B, o ala André Santos pode estar com os dias contados no clube.

Precisando de dinheiro para saldar uma dívida que chega aos R$ 100 milhões, a diretoria corintiana acena positivamente quando o assunto é a venda do jogador para um clube europeu.

Por enquanto, ninguém confirma eventuais propostas oficiais, mas boatos dizem que o Werder Bremen, da Alemanha, clube do brasileiro Diego, teria feito uma sondagem para contratar André Santos.

Apesar de confessar o sonho em jogar na Europa, o ala garante que não pensa em sair. "Quero ficar no Corinthians, mas sei que se aparecer uma boa proposta eu provavelmente seja negociado. Não quero pensar nisso, porém se acontecer, será algo bom para mim e para o clube", diz.

André Santos garante que as especulações não têm atrapalhado em nada o seu rendimento em campo. "Ouço que posso sair há um mês e tenho mantido o meu ritmo. Sou experiente e acredito que isso não vai mudar minha postura", ressalta.

Corinthians volta aos treinos

Estadao.com.br :: Esportes :: Corinthians volta aos treinos e Mano Menezes defende Dentinho
Dentinho foi expulso após dar carrinho violento

O técnico Mano Menezes aliviou no Corinthians a barra do atacante Dentinho, expulso de campo após dar um carrinho violento em rival do Santo André no empate de sábado por 1 a 1. Para o treinador o lance mereceu apenas o cartão amarelo, mas a falta anterior, na qual o atleta foi advertido pela primeira vez, foi exagero do criticado árbitro Guilherme Cereta de Lima.

"O Dentinho fez uma falta dura, que merecia o amarelo. O problema foi a primeira advertência que ele sofreu, que foi injusta. Ele não merecia a expulsão", disse.

Mano também tratou de reconhecer o bom desempenho outro jovem atacante do time: Lulinha. "O Lulinha fez um bom primeiro tempo, mas caiu no segundo. Ele está tentando encontrar o seu espaço na equipe. Quando joga aberto, produz mais", reforçou.

Por outro lado, a esposa de André Santos, que o aguardava no vestiário do Bruno José Daniel, falava para amigos que o casal está ansioso por negociação. Ele não teme a concorrência do jovem Wellington Saci, que fez o gol de empate e saiu elogiado pelo chefe. "O Saci é um jogador versátil, que vou precisar utilizar durante toda a competição. Se ele estiver com moral elevado, sem pensar naquele erro da Copa do Brasil, vai render mais", disse Mano.

Outro ponto que teve apoio do técnico na entrevista coletiva após o jogo no Estádio Bruno José Daniel foi a defesa, até pela falha no lance que originou o gol do Santo André. "O setor defensivo esteve bem. Tivemos uma falha, que foi no lance do gol. De resto foi uma partida segura. Não acho que o setor esteja caindo de produção."

RETORNOS

O volante Fabinho deve voltar à equipe sábado, contra o Bahia, no Pacaembu. Ele está melhor da conjuntivite que o tirou de três partidas. Nilton e Alessandro, porém, vão ficar um mês fora. O primeiro operou o nariz, após o ter fraturado no jogo contra o Marília, e o segundo sofreu uma lesão muscular na coxa direita.

Douglas, poupado em Santo André por causa de dor no joelho direito, está melhor e também deve atuar no sábado. Acosta cumpriu suspensão e pode jogar na vaga de Dentinho. Nesta segunda, o time treina apenas à tarde, no Parque São Jorge.

Corinthians só contrata visando 2009

Fanáticos por Futebol
Por causa de administrações passadas, o Corinthians sofre com dívida de mais de R$ 100 milhões. Por este decisivo motivo, os cartolas do Timão admitem não contratar mais ninguém para esta temporada e ainda está aberto a ouvir propostas para vender alguns atletas do clube.
“O Corinthians está com um bom elenco, não precisamos contratar agora. Só temos de pensar em contratação quando formos planejar a próxima temporada. A não ser que apareça um ótimo negócio”, diz o vice de futebol, Mário Gobbi.

O primeiro a deixar o Parque São Jorge deve ser o lateral André Santos. Fortemente sondado pelo Werder Bremen, da Alemanha, e a grande vontade do jogador em atuar no exterior, logo deverá embarcar para o exterior. O presidente Andrés Sanches já deixou clara a possibilidade de venda de qualquer atleta que compõe o elenco do Corinthians.

“O jogador também quer ser vendido. Então é isso mesmo que eles querem ouvir do presidente. Se ele disser que não vende de jeito nenhum, aí é que o jogador vai ficar bravo”, explica Mario Gobbi.

sábado, 12 de julho de 2008

É isso aí................. nunca vou te abandonar!!!!

http://i204.photobucket.com/albums/bb124/paulolima01/aqui_tem_bando_loucos_corinthians.jpg

Na opinião de Mano, árbitros estão complicando o Corinthians

Estadao.com.br :: Esportes :: Mano diz que árbitros estão complicando o Corinthians
O árbitro Guilherme Cereta de Lima não teria marcado cinco pênaltis, segundo Mano Menezes

O técnico Mano Menezes foi discreto nas palavras, mas ferrenho no conteúdo, ao criticar a arbitragem de Guilherme Cereta de Lima, no empate por 1 a 1 com o Santo André, neste sábado, quando não teriam sido marcados cinco pênaltis para o Corinthians, segundo o treinador.

"É 'complicado' o que se viu hoje [sábado]. O Corinthians vence fazendo um campeonato irrepreensível, mas não graças ao que tem acontecido, e que voltou a acontecer", disse Mano. “O justo é que o time que esteja melhor consiga os melhores resultados. E o Corinthians investiu e está fazendo um trabalho melhor. Espero que não haja novos erros de arbitragem”, pediu.

"É claro que sempre é possível discordar do ponto de vista em um lance ou outro, mas cinco vezes no mesmo jogo, e sempre para o mesmo lado, é mais complicado", continuou o treinador.

“Em outro jogo levamos oito cartões amarelos, algo que eu nunca tinha visto na vida. E hoje [sábado] temos cinco pênaltis. E coincidentemente estávamos com seis pontos na frente nessas duas partidas. Estranho isso, não?”, disse Mano.

O duelo a qual se referiu foi contra a Ponte Preta, há três semanas. Foi o primeiro jogo em que não venceu na Série B, terminou 1 a 1, e oito atletas receberam o cartão amarelo.

“Acabou o jogo e eu fui falar para o árbitro que ele veria o jogo pela TV e veria o quanto errou. As arbitragens seguem muito fracas”, disse o zagueiro Chicão, que recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Bahia, sábado que vem, no Pacaembu. Dentinho, expulso, também não atua.

VOLTA POR CIMA
Autor do gol de empate corintiano, Wellington Saci comemorou o que para ele foi a redenção. Marcado pela expulsão boba na final da Copa do Brasil, contra o Sport, o jogador acha que vai poder cavar um lugar na equipe.

“Eu estava desacreditado, sem muita empolgação por aquela falha. Mas saber que o técnico Mano Menezes confiou em mim foi muito importante”.

Corinthians empata contra Santo André

JB Online :: TR- Marcelinho marca, mas Corinthians busca empate - 12/07/2008
Ídolo do Corinthians e presente em várias conquistas do time alvinegro, como o Mundial de Clubes da Fifa, em 2000, no Rio, Marcelinho por pouco não quebrou a invencibilidade do time do coração - como ele próprio diz - na Série B do Campeonato Brasileiro. O meia abriu o placar da partida deste sábado para o Santo André, no Bruno José Daniel, mas Wellington Saci, no segundo tempo, deixou tudo igual no marcador do duelo: 1 a 1.

Marcelo Pereira Surcin, 37 anos, acumula três passagens pelo Corinthians. Revelado ao futebol profissional pelo Flamengo, o meia-atacante soma 439 jogos e 206 gols pela equipe do Parque São Jorge.

Agora no Santo André, ele ajudou sua equipe a ter 16 pontos ganhos na tabela de classificação, próximo do G-4. Já o líder Corinthians, com 27, manteve sua invencibilidade - a única dentre os 20 times da Série B.

Ao pisar no gramado, Marcelinho ouviu da torcida do Corinthians os gritos de "Uh Marcelinho" e "Doutor, eu não me engano, o Marcelinho é corintiano". No mesmo momento, o jogador agradeceu aos cantos alvinegros.

Diante desta relação, Marcelinho, após abrir o placar do jogo, aos 26min do primeiro tempo, não comemorou o gol marcado de cabeça, depois que Márcio Mixirica disputou a bola com Felipe e ela sobrou para meia.

Na busca pelo gol de empate, o Corinthians foi para cima de Marcelinho e companhia e teve uma boa chance para atingir seu objetivo, aos 36min, mas o chute de calcanhar de Dentinho saiu rente à trave esquerda.

O segundo tempo foi tão movimentado quanto o primeiro. Nesta etapa, o Santo André foi mais ofensivo no início e o Corinthians respondeu depois dos 10min, mas teve um jogador expulso: Dentinho, aos 27min.

Mesmo em desvantagem numérica, os comandados de Mano Menezes buscaram o empate no Bruno José Daniel. Aos 31min, Wellington Saci recuperou uma sobra de bola e chutou no canto direito: 1 a 1.

Os dois times ainda ficaram com o mesmo número de jogadores em campo a partir dos 33min, quando Wilians, que já havia recebido o cartão amarelo do árbitro, foi expulso ao puxar Wellington Saci.

Ao término da partida, Marcelinho vestiu a camisa do Corinthians e correu em direção à torcida alvinegra para expressar seu amor pelo clube do Parque São Jorge, com cantos e batidas no peito.

No próximo dia 19, o Corinthians volta a campo pela Série B do Brasileiro para encarar o Bahia, às 16h (de Brasília), no Pacaembu. Um dia antes, às 20h30, o Santo André pega o Vila Nova, fora de casa.

Marcelinho marca contra o Corinthians

Estadao.com.br :: Esportes :: Marcelinho: me dói o coração marcar contra o Corinthians

Marcelinho marcou contra o Corinthians, mas foi aplaudido pela torcida

Só faltou pedir desculpas. Assim foi a comemoração de Marcelinho Carioca após abrir o placar para o Santo André, diante do Corinthians. "Me dói o coração marcar contra o Corinthians, mas quando a bola rola é preciso ser profissional e fazer melhor possível", comentou o camisa 7 ainda no intervalo.

"Jogar contra o Corinthians é como reencontrar aquela ex-mulher, com quem foi casado por muito tempo. A gente se separa, mas nunca deixou de sentir amor um pelo outro", comentou Marcelinho, ainda na entrada no gramado.

Marcelinho passou três vezes pela equipe do Parque São Jorge, entre 1993 e 2006, e costuma dizer que a camisa corintiana é sua segunda pele. Polêmico e com fama de 'marqueteiro', o atacante agradeceu pelos aplausos e o carinho da torcida após o empate por 1 a 1.

"Fico feliz com o carinho dessa torcida maravilhosa. Eles é que são os meus ídolos" disse Marcelinho, junto à mureta que sapara o gramado e a arquibancada.

Vestindo a camisa do Corinthians e ovacionado pela torcida, Marcelinho fez uma promessa. "Em 2010, no centenário do clube, vou estar lá. Eu vou voltar e encerrar minha carreira no time", decretou, emocionado, ao som de "Uh, Marcelinho!"

FELIPE EXPLICA
O goleiro Felipe explicou o lance do gol do Santo André, que quase transformou Marcelinho em vilão corintiano. "Acho que foi um lance normal. Eu e o Chicão tentamos tirar a bola, a gente acabou se trombando no lance, mas ainda consegui desviar. O Marcelinho estava bem posicionado, foi esperto no lance e marcou."

Vale lembrar que este foi o terceiro gol que Marcelinho Carioca marcou contra o Corinthians. Em quatro jogos contra o ex-clube, o 'pé-de-anjo' nunca saiu de campo vencedor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails